Espetáculo: “Achados e Perdidos”

Teatro de animação para se encontrar!  
O espetáculo “Achados e Perdidos”, da Cia Teatro do Maleiro faz sua estreia nesta segunda-feira, dia 17/10, no Goiânia Ouro. A apresentação faz parte da programação do Festival Internacional de Artes Cênicas – Goiânia em Cena. 

O público vai visualizar no palco: bule, chaleira, sapato... Objetos e marionetes, como a bailarina Fernanda Boteiro e o cavalo Molina. A estreia do espetáculo “Achados e Perdidos”, com a direção de João Araújo promete instigar a criatividade de todos em um mergulho dramaturgo repleto de singularidades próprias do nosso cotidiano. Afinal, quem nunca brigou por amor? Se sentiu solitário? Perdido? Ou ainda não se encontrou plenamente?

Só para você entender um pouco melhor, os bules “Roberval e Linete”, casal de namorados, que vivem em pé de guerra foi inspirado na própria história de vida do ator Marcos Marrom. “Gosto de pegar histórias e colocar no macro e engrandecer. Todo mundo já passou por brigas, afinal o relacionamento amoroso não vive em um mar de rosas. Os conflitos existem para que as coisas possam ser melhores”, explica.

Outro objeto de destaque no espetáculo é o sapato, que se chama Marrom.  Esse personagem tagarela vive seus dissabores com a perda de sua parceira, por isso vive triste. “Achados e Perdidos traz um pouco do meu universo, do cotidiano dos meus amigos, do que vejo. Ou seja, não invento nada”, complementa.

Com classificação de 12 anos, a peça vai além do cotidiano para fazer refletir sobre estereótipos, angustias, medos e relacionamentos. Não perca a oportunidade de sorrir, se encontrar e sair do Goiânia em Cena saltitante, por acreditar na grandiosidade do teatro de bonecos.

Teatro do Maleiro

A Cia Teatro do Maleiro surge a partir de um projeto de vida do ator e manipulador Marcos Marrom, que inicia seu trabalho de pesquisa no ano de 2005 no espetáculo “Envelopes” da Cia de Teatro Nu Escuro de Goiânia.

No ano de 2007 viaja para São Paulo e tem a oportunidade no ano seguinte de ir para a Argentina, em busca de técnica e aperfeiçoamento para um trabalho independente, que visa o estudo e a pesquisa sobre teatro de bonecos, teatro de animação ou teatro de objetos.

O ator e diretor volta a Goiânia, no ano de 2011, com a Cia reformulada, montou o espetáculo: “O Boneco de Cor”, que teve o protagonismo de fazer solo o espetáculo.

A Cia contribuir para o fortalecimento da Federação de Teatro de Goiás e o movimento do teatro de bonecos. Além disso, administra oficinas, relaciona os seus projetos com o cinema e a literatura e constroem bonecos para outras Cias.  É também um grande incentivador de outros Grupos, como por exemplo, Cia Pés de Lata.

Canais:

SERVIÇO – Espetáculo: “Achados e Perdidos”
Quando: 17 de outubro (segunda-feira);
Horário: 19h;
Onde: Teatro Goiânia Ouro;
Endereço: Rua Três, 1.016 – Centro;
Quanto: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia);

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIA DA POESIA